segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Quase nada

"O amor
é uma ave a tremer
nas mãos de uma criança.
Serve-se de palavras
por ignorar
que as manhãs mais limpas
não têm voz."

(autor português, dica da minha brilhante amiga Laetícia Jensen Eble)

2 comentários:

  1. Conheci esse cara lendo uma citação em um livro da Inês Pedrosa, é muito bom. Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir

Mostre a sua!